50 anos
da criação do Dia da Consciência Negra

No ano de 1971, na noite de 20 de Novembro, na sede do Clube Social Negro Marcílio Dias em homenagem a Zumbi dos Palmares ocorreu a primeira celebração da data que passaria a ser o

Dia da Consciência Negra no Brasil.

Criada por um grupo de jovens estudantes negros gaúchos, oriundos de cidades do interior do estado, somados a outros da capital, tendo também o ingresso de mulheres negras, nasceu assim o Grupo Palmares, liderados por Oliveira Silveira, um dos maiores nomes da cultura afro gaúcha, que influênciou o MNU-SP a difundir a data de 20 de Novembro para todo o território brasileiro.

Em 2021, no cinquentenário das comemorações desse importante marco histórico nacional,

o governo gaúcho assinou um decreto que deve fazer justiça a grande e importante contribuição

do povo negro na construção sócio, política e cultural desse estado e do país, sendo assim acreditamos que o projeto Vozes Negras Importam vai de encontro aos objetivos do

Governo do estado do Rio Grande do Sul.

Captura de ecrã 2021-10-06, às 17.55.37.png

Foto: Tânia Meinerz